O Fundador

Saydi Carlos de Sousa Barbosa Neto nasce em Luanda a 14 de Fevereiro de 1975. A 24 de Junho de 1975 viaja para S.Tomé e Principe, tendo residido na capital do país até 1990, altura em que emigra para Portugal com o objectivo de proseguir os seus estudos académicos. Em Lisboa, exerce diversas actividades, sobretudo
,no ramo da construção civil e do desporto, sem contudo, perder de vista o objectivo principal.

Em 1999, após o desaparecimento físico do seu irmão, inicia um périplo por alguns países europeus regressando 5 meses depois à Portugal. Três anos mais tarde viaja para Londres (Reino Unido) com o objectivo de proseguir a sua formação superior, tendo, três meses depois, mudado com a família para Manchester. Sete anos depois de
ter chegado a Manchester e 19 anos depois de ter partido de África, regressa a Angola.

Em Luanda desempenha funções, essencialmente na banca, onde de entres outras actividades, tem participado activamente na criação e dessiminacão da função risco no sistema financeiro angolano, bem como, na criação de unidades apetrechadas de estudos económicos que permitam decisões eficientes e eficazes em torno de estratégias condizentes e consequentes com alteração dos pressupostos económicos.

É ainda estudante e professor universitário, colaborador dos Mídias para área de economia, poeta e filantropo.

Saydi Carlos Neto é amante de desporto, leitura, escrita, poesias, musicas, artes cinematográficas e tem um grande interresse em ciências económicas, sobretudo, nos modelos que visam desenvolvimento socioeconómico sustentado.

Percurso Académico

Terminou o curso médio de metalomecânica no ano de 1994 (Escola Secundária Machado de Castro) e posteriormesnte o 12º ano de escolaridade em 1998 (Escola Secundária Rainha Dona Leonor) tendo tido pelo meio uma passagem, com distinção, pela Escola Prática de Cavalaria em Santarém.

Frequentou entre 1999 e 2002 os cursos superiores de Matemática Aplicada (UNL) e de Engenharia de Telecomunicaçãoes e Electrónica (ISEL), tendo, em 2002, viajado para o Reino Unido onde estudou Direito e posteriormente Ciências Económicas.

Doutorando em economia pela Faculdade de Economia da Universidade Agostinho Neto, é mestre em Banca Internacional e Finanças pela Universidade de Salford, Reino Unido, e licenciado em Económia pela Manchester Metropolitan University, Reino Unido.

Foi professor da cadeira de Economia e Finanças Públicas na Universidade Metodista de Angola e actualmente professor convidado do curso de Mestrado (MBA Atlântico) da Universidade Católica de Lisboa.

Percurso Profissional

Ingressou no mercado de trabalho em 1990, com apenas 15 anos, tendo exercido diversas actividades em Portugal, sobretudo, nos ramos da construção civil e do desporto; e no Reino Unido nos sectores de transportes públicos, restauração, laser e limpeza.

Em 2009, regressa a Angola e ingressa no Banco Millenniun Angola, tendo colaborado durante 8 meses no Gabinete de Planeamento e Controlo de Gestão.

Em Novembro de 2009, ingressa no então Banco Africano de Investimentos, actualmente Banco Angolano de Investimentos (BAI), com a missão de criar dinamizar e dar visibilidade a função de gestão de risco no banco.

Em 2010, coordena o esforço de concepção, criação e implementação do comité de gestão de activos e passivos
(ALCO) do BAI e cria a unidade oficiosa de gestão de activos e passivos.

Em 2011, coordena os esforços de concepção e criação do departamento de risco do BAI e lança as bases para a criação da direcção de gestão integrada de risco. Em Abril de 2011 é nomeado chefe do recem criado departamento de risco.

Em 2012, desloca-se a Cabo Verde para disseminar a cultura de gestão de risco no BAI Cabo Verde (BAICV), coordena a produção do documento ALCO e participa na primeira reunião ALCO do BAICV, tendo aconselhado a administração relativamente aos riscos a que o banco se encontrava exposto.

Em Março de 2013, é nomeado chefe de Departamento de Planeamento Estratégico do BAI, tendo ao seu cargo, a responsabilidade da elaboração do orçamento do banco, o plano estratégico e a sua revisão, bem como a criação e dinamização da unidade de estudos económicos.

Em Julho de 2014, assume a presidência do Conselho de Administração da Fundação de Apoio à Educação, tendo ao seu cargo dentre outras responsabilidades, a definição do plano estratégico da Fundação e o acompanhamento da sua execução.

Em Agosto de 2016, operacionaliza e estrutura o Gabinete de Estudos Económicos e Financeiros do BAI, assumindo entre outras responsabilidades, a elaboração do relatório económico para o ALCO e a concepção e produção de relatórios financeiros, de conjuntura económica e de análise sectorial.

Em Dezembro de 2016, assume a função de Assessor do Conselho de Administração da Fundação BAI, com a responsabilidade de reestruturação da Fundação BAI e dinamização da responsabilidade social e ambiental do BAI.

Em Novembro de 2017, assume o cargo de assessor da Comissão Executiva do Banco BAI Micro Finanças, com a responsabilidade de concepção e implementação da função de gestão integrada de risco.

Em Junho de 2018, assume a posição de Director do Gabinete de Risco do Banco BAI Micro Finanças, tendo
ao seu cargo a responsabilidade da Gestão integrada dos riscos do BMF.

Percurso Social

1986 – 1988: Treinador e jogador de Futebol – S. Tomé.
1991-1998: Jogador de futebol federado – Portugal.
1995-1996: Treinador Principal de Futebol pelo Musgueira F.C. (Iniciados) – Portugal.
2012-2013: Mentor do projecto social “Educ o Próximo_STP” que visa dar apoio financeiro e educativo às famílias desfavorecidas com dificuldades em colocar e/ou manter as crianças na escola (da 1ª classe a 9ª classe).2014 até a data: Mentor do projecto Rede de Suporte Educacional, em Angola, que visa dar apoio financeiro e educativo às famílias desfavorecidas com dificuldades em colocar e/ou manter as crianças na escola
(da 1ª classe a 9ª classe).